Disque Denúncia Procurados

Buscar procurado

Caolha
Gabriel Pereira de Oliveira

  • 1 - Homicídio Qualificado (Art. 121, § 2º - CP), I IV e VI; Crime Tentado; Associação Criminosa - Art.288 do Cod Penal (Redação Dada Pela Lei 12.850 de 2013)
  • Integrante do Tráfico de Drogas
  • Quintino, Pilares- RJ
  • 25/01/1995
  • Nº (I.F.P.) 280.876.418
  • Rio de Janeiro
  • Procurado

Histórico

ENVOLVIDO NA TENTATIVA DE HOMICÍDIO DE PERITO CRIMINAL DA DELEGACIA DE HOMICÍDIOS DA CAPITAL - DH



Gabriel Pereira de Oliveira, o Caolha é um dos envolvidos na da tentativa de assassinato de um perito criminal da Delegacia de Homicídios da Capital, fato que ocorreu em setembro de 2017.

Segundo o delegado encarregado do caso Drº Fábio Salvadoretti, da Divisão de Homicídios da Capital, o crime aconteceu no bairro de Quintino, na Zona Oeste do Rio, e teria sido motivado por uma discussão por causa do barulho de uma festa. Tudo começou com reclamações por causa do som alto, vindo da festa realizada pelo miliciano e seus comparsas. O grupo ostentava armamento. Incomodados, vizinhos pediram a ajuda da Polícia Militar que esteve no local.

Porém, após a saída dos militares, tudo recomeçou. Um policial civil, cujo nome foi preservado pelo delegado por questões de segurança, foi tomar nova satisfação, pelo fato dele ter reclamado antes e sido ameaçado pelos milicianos. Em certo momento eles atiraram no policial, mas antes de atirar, eles haviam falado ?civil vai morrer?. Depois de realizar disparos contra o policial, o criminoso ainda atirou uma granada para a casa da vítima. O artefato não explodiu.

O policial civil foi socorrido e levado para o Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier, e sobreviveu ao ataque.

Quem tiver qualquer informação a respeito da localização de Diogo de Almeida, e também sobre a identificação do segundo criminoso, favor denunciar pelos seguintes canais: Whatsapp ou Telegram Portal dos Procurados (21) 98849-6099; pelo facebook/(inbox), endereço: https://www.facebook.com/procurados.org/, pelo mesa de atendimento do Disque-Denúncia (21) 2253-1177, ou pelo Aplicativo para celular - Disque Denúncia RJ - . A recompensa só é paga com informações passadas para o Disque Denuncia ou Whatsapp dos Procurados.

Mandados

Origem Processo expedição
Comarca da Capital/3ª Vara Criminal Processo Nº 0247455-76.2017.8.19.0001.01.0007-11/Prisão Preventiva Distribuído em 29/01/2018
Comarca da Capital/3ª Vara Criminal Processo No 0247455-76.2017.8.19.0001.01.0007-11/Prisão Temporária Distribuído em 25/10/2017