Disque Denúncia Procurados

Buscar procurado

Grisalho
Carlos Eduardo Barros de Oliveira

  • 1 - Homicídio Simples - artigo 121 do CP -
  • TCP - Terceiro Comando Puro
  • Chefe do Tráfico de Drogas
  • 11/04/1981
  • Nº. (I.F.P.) 127.714.384
  • São Gonçalo - RJ
  • Procurado

Histórico

Carlos Eduardo Barros de Oliveira, o Grisalho é ligado a facção Terceiro Comando Puro ? TCP ? e faz parte da quadrilha do traficante 3N.

De acordo com as investigações, quando em 2018, assumiu o controle da venda de drogas de todo o Complexo do Anaia - após a morte de Rafael de Arnoud, o Playboy - o principal objetivo de Grisalho, , seria estender a sua área de atuação e, consequentemente, seu lucro com o comércio ilegal de entorpecentes.

O primeiro passo do traficante foi a invasão ao bairro Ipiíba. Em seguida, ele ordenou que cerca de 15 de seus ?soldados?, armados com fuzis e pistolas, seguissem até o Engenho do Roçado e fincassem a bandeira de seu comando, que era Comando Vermelho.

Grisalho estaria diretamente ligado à execução de Rafael Playboy. Ele teria sido a pessoa responsável por denunciar para Eriko dos Santos Nascimento, 42, o Farme - dono do Complexo do Anaia que está preso - sobre um roubo de cargas cometido por Playboy sem a autorização da liderança. Com a execução, o traficante que já controlava a venda de entorpecentes do Morro da Caixa d?Água, no Vila Três, e do Jardim Miriambi, passou também a administrar as atividades criminosas da Cafuca, Monte Formoso, Meia Noite, Buraco Quente, Parada São Jorge, Barracão, Santa Izabel, Anaia e Bichinho.

Grisalho é oriundo do Complexo do Chapadão, na Zona Norte do Rio, e seria conhecido também por atuar em roubos de carga. Além disso, em dezembro de 2016, ele foi apontado como um dos traficantes que estavam extorquindo motoristas de vans e cobrando pedágio para permitir que eles passassem pela Vila Três. Já em março de 2017, Grisalho atuou ao lado de Nando do Anaia na disputa pelo território deste mesmo bairro, durante confrontos com os rivais da facção Amigo dos Amigos (ADA).

Após a morte de Schumaker, que chefiava o tráfico do Jardim Catarina, em São Gonçalo, cometido pelo seu, até então, aliado Thomaz Jhayson Viera Gomes, o 2N ou Neném, líder das atividades criminosas do Complexo do Salgueiro, continua movimentando o mundo do crime.

Depois de 2N confirmar que ele e seus seguranças, como Luiz Ricardo Monteiro Cunha, o Ricardinho, e Alexandre de Souza Lima, o Xandinho, pularam de facção, saindo do Comando Vermelho (CV) e indo para o Terceiro Comando Puro (TCP), outro criminoso que declarou ter acompanhado a ?Tropa do Corinthians?, como a quadrilha de Neném é chamada, foi o ex-chefe do tráfico do Jardim Miriambi e do Complexo do Anaia, o Grisalho se mostra revoltado com a atitude do cunhado e prometeu vingança. Setores de Inteligência da Polícia Civil confirmaram que o arquivo realmente foi feito pelo traficante.

?Ai JJ, tu vai morrer arrombando. Nós vai (sic) pular aí com 200 fuzil (sic), tu vai ver. Você, Cara de Broca, Batata, eu vou matar vocês tudo (sic) (...) Tu expulsou até sua irmã daí né, tua irmã e tua sobrinha. Deixou vagabundo entrar lá na Palmeira e esculachar a porra toda (...) Nem que seja a última coisa que eu vou fazer na minha vida, mas eu vou pular ai dentro e vou esquartejar vocês na praça do B13. Tu eu vou te esquartejar com a minha makita. E você vai ser o primeiro que eu vou matar, porque você expulsou a tua irmã. Tua irmã não tem nada a ver com meus problemas não, rapa. Eu conheci ela ai, ela é teu sangue. Como é que tu vai fechar com uma parada dessa? Teu safado, tu vai ver só, rapá, o que tu fez com a minha filha e com a minha mulher, eu vou te esquartejar teu filho da p...?, declarou.

Na gravação de voz, Grisalho ainda afirma que também pulou de facção, saindo do Comando Vermelho (CV) e indo para o Terceiro Comando Puro (TCP), estando junto com 2N na Tropa do Corinthians. O ex-chefe do tráfico do Miriambi também declarou que ele e seus comparsas estão fortemente armados com centenas de fuzis e que pretendem retornar para o Complexo do Salgueiro para fincar sua nova bandeira na região.

Quem tiver qualquer informação a respeito da localização do assassino ainda em liberdade, favor denunciar pelos seguintes canais: Whatsapp ou Telegram Portal dos Procurados (21) 98849-6099; pelo facebook/(inbox), endereço: https://www.facebook.com/procurados.org/, pelo mesa de atendimento do Disque-Denúncia (21) 2253-1177, ou pelo Aplicativo para celular .

Mandados

Origem Processo expedição
Comarca de São Gonçalo/4ª Vara Criminal Processo No 0013738-77.2019.8.19.0004.01.0001-21/Prisão Temporária Distribuído em 16/04/2019