Disque Denúncia Procurados

Buscar procurado

Fedorê
Paulo César Nascimento dos Santos

  • EVADIDO DO SISTEMA PENITENCIÁRIO

    1 - Homicídio Qualificado (Art. 121, § 2º - CP), incisos I, IV e VII C/C Concurso de Pessoas (Arts. 29 a 31 - Cp) E Corrupção de Menores - Eca (Lei 8.069/90 - Art. 244 B), (2x)
    2 - Homicídio Qualificado (Art. 121, § 2º - CP), INC I, II, III E IV
    3 - Homicídio Qualificado (Art. 121, § 2º - CP), incisos I, IV e VII C/C Concurso de Pessoas (Arts. 29 a 31 - Cp) E Corrupção de Menores - Eca (Lei 8.069/90 - Art. 244 B), (2x)
  • Integrante do Tráfico de Drogas
  • Comunidade do Carrapato, em Éden, São João de Meriti, Baixada Fluminense
  • 24/05/1983
  • Nº (I.F.P.) 202.180.147
  • São João de Meriti - RJ

Histórico

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), por meio da 7ª Promotoria de Justiça de Investigação Penal da 3ª Central de Inquéritos (Delegacias Especializadas), obteve na Justiça no dia (11/02/2019) a decretação da prisão preventiva de Lucas Bernardo Martin, vulgo ?Terror?, e Paulo Cesar Nascimento dos Santos, vulgo ?Fedorê?, traficantes do morro do Carrapato e responsáveis pelo assassinato do fuzileiro naval Daniel da Silva Rodrigues, em novembro de 2018, em São João de Meriti. De acordo com a denúncia apresentada pelo MPRJ, ?Terror?, preso em janeiro deste ano, foi o responsável por efetuar os disparos que mataram o militar enquanto ?Fedorê?, que se encontra foragido, deu a ordem para que o homicídio fosse efetuado.

Na inicial, relata o MPRJ que a vítima, identificando-se como agente militar, teria repreendido usuários de drogas que se concentravam em frente à casa da sua namorada, na Rua José Cabral. Posteriormente, ao chegar ao local de moto, foi executado por ?Terror? e dois menores pertencentes à quadrilha de ?Fedorê? de maneira torpe, já que a motivação do homicídio, além do fato de Daniel ter chamado a atenção dos usuários de drogas, se deu pela vítima ter se identificado como militar.

Os dois acusados foram denunciados por homicídio qualificado, previsto no artigo 121, §2º, I, IV e VII do Código Penal. A pena prevista é de doze a trinta anos de reclusão. A prisão de ?Terror? e a investigação foram realizadas pela Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF).

O acusado ainda se encontra na condição de Evadido do Sistema Penitenciário desde 09/05/2015, quando ganhou beneficio de Indulto do Dias das Mães. Fedorê cumpria pena na Instituto Penal Edgard Costa.

Quem tiver qualquer informação a respeito da localização do acusado ainda em liberdade, favor informar pelos seguintes canais: Whatsapp ou Telegram do Portal dos Procurados (21) 98849-6099; Central de Atendimento do Disque Denúncia (21) 2253-1177; através do Facebook/(inbox), endereço: https://www.facebook.com/procurados.org/; e pelo aplicativo Disque Denúncia RJ. Visite também o Instagram oficial do Portal dos Procurados ? portal.procurados-.

Mandados

Origem Processo expedição
Comarca de São João de Meriti/1ª Vara Criminal Processo No 0049510-82.2018.8.19.0054.01.0004-27/Prisão Preventiva Distribuído em 04/02/2019
Comarca da Capital/4ª Vara Criminal Processo No 0282208-25.2018.8.19.0001.01.0003-10/Prisão Preventiva Distribuído em 03/12/2018
Comarca de São João de Meriti/1ª Vara Criminal Processo No 0049510-82.2018.8.19.0054.01.0004-2/Prisão Temporária Distribuído em 04/02/2019
VEP - Vara de Execuções Penais Processo No 0355259-60.2004.8.19.0001/Condenação Distribuído em 05/01/2016
VEP - Vara de Execuções Penais Processo No 0061946-14.2013.8.19.0001/Condenação Distribuído em 2013