Compartilhe:


FOTOS:
 
Compartilhe:
Pedrinho
Pedro Henrique Oliveira de Sousa
Nascimento:
28/06/1982
RG:
nº - 11.849.567-0 - IFP
Natural:
Rio de Janeiro
Situação:
Morto
Crimes:
Capturado

Roubo - Assalto a Mão Armada Tráfico de Drogas

Roubo Majorado (Art. 157, § 2º - CP), inciso I

Latrocínio (Art. 157, § 3º, 2ª parte - CP), (2 X) N/F Concurso Material (Art. 69 - Cp)

Facção:
Comando Vermelho
Função:
Assaltante
Área de Atuação:
Vila da Penha, Vila Kosmos e Morro do Chapadão
Histórico:
Operação realizada por Polícia Militar e BOPE - 15/05/2012

Em operação no Morro do Chapadão, em Costa Barros, a Polícia Militar intensificou as investidas para coibir a ação dos criminosos. Por volta das 6h desta terça-feira, cerca de 160 homens voltaram à comunidade numa operação que contou com o reforço de seis batalhões, incluindo o Batalhão de Operações Especiais (Bope).

Após a retomada de territórios que antes eram dominados pelo tráfico, como Complexo do Alemão e Penha, a área se tornou um dos principais redutos da facção Comando Vermelho.

A PM apreendeu armas, drogas e veículos roubados. Segundo a polícia, quatro traficantes morreram após troca de tiros, entre os eles estavam Pedro Henrique Oliveira de Sousa, o Pedrinho, e Jean Pierre Laranjeiras Duarte, o Jean, que pertenciam à quadrilha de Emerson Ventapane da Silva, o Mão, preso na ocupação policial no Complexo do Alemão em 2010. O bandido preso era chefe de uma quadrilha conhecida como “Bonde do Mão”, responsável por roubo de carros e assassinatos de policiais.

Histórico:

Pedro Henrique Oliveira de Sousa, o “Pedrinho” assaltante que integra o Bonde do 157 (artigo do Código Penal referente ao crime de assalto) que era comandado por Emerson Ventapane, o “Mão”, preso em dezembro de 2010, ganharam o respeito da facção criminosa Comando Vermelho (CV) e o financiamento para as suas ações do traficante mais procurado do Estado, Fabiano Atanásio da Silva, o FB.

“Pedrinho” é acusado de matar a universitária Silvania Vieira, durante uma tentativa de assalto na Vila da Penha em janeiro de 2010. Ela estava com o marido e seu filho de apenas 3 anos no carro quando levou dois tiros e mesmo tendo sido socorrida não resistiu. A tentativa de assalto aconteceu no cruzamento da Avenida Meriti com a Avenida Oliveira Belo, na Vila da Penha..

O bonde do 157 costumava aterrorizar os moradores da região de Irajá, Vila Kosmos e Vila da Penha, e são denunciados como envolvidos nos arrastões que ocorriam nos finais de semana na região da Leopoldina. De acordo com policiais do Serviço Reservado (P-2) do 16º BPM (Olaria), o bando foi responsável pelo assassinato de pelo menos cinco policiais militares na região em menos de um ano.

A última vítima foi o sargento Robson Martins da Silva, 40. Lotado no 26º BPM (Petrópolis) e motorista do comandante da unidade, o PM foi morto a tiros em Irajá quando seguia com a família no Mégane placa KZL 0447 para sua casa de veraneio em Saquarema, na Região dos Lagos, na manhã da última quinta-feira, dia 22. A vítima teve seu carro emparelhado por um veículo do mesmo modelo na Rua Ferreira Cantão. Fortemente armados e vestidos com coletes da Polícia Civil, os quatro ocupantes pediram a arma do sargento, que, pensando tratar-se de uma blitz, resolveu se identificar como policial e acabou sendo assassinado com mais de 10 tiros de fuzil. A filha do sargento, identificada apenas como Letícia, de 13 anos, foi atingida por um dos disparos na perna direita.

Outra vítima da quadrilha foi o cabo reformado da PM Ulisses Correia Dutra, 43, morto ao trocar tiros com bandidos na tentativa de evitar um assalto no Largo do Bicão, na Penha, também na Zona Norte.

Processo nº:
0241197-94.2010.8.19.0001
Tipo do Movimento:
Publicação de Edital
Descrição:
Réu preso EDITAL DE CITAÇÃO E NOTIFICAÇÃO (Com o prazo de 15 dias) O MM. Juiz de Direito, Dr.(a) Nearis dos Santos Carvalho Arce dos Santos - Juiz Titular do Cartório da 38ª Vara Criminal da Comarca da Capital, Estado do Rio de Janeiro, FAZ SABER que o Promotor de Justiça Titular deste juízo, denunciou o nacional Pedro Henrique Oliveira de Souza - Outro nome: Pedrinho - Nacionalidade Brasileira - Naturalidade: Rio de Janeiro - RJ - Estado Civil: Solteiro - Data de Nascimento: 28/06/1982 Idade: 29 - Filiação: Pai - Benedito Pereira de Souza Mãe - Marilda Oliveira de Souza - RG: 11.849.567-0 Emissor: IFP/DETRAN - Endereço: Rua Irineu Correia, nº 191 Aptº 302 - Irajá - Rio de Janeiro - RJ, acusado nos autos de nº 0241197-94.2010.8.19.0001, oriundo do Inquérito, nº 1074/10 de 27/07/2010, da Divisão de Homicídios, como incurso no(a) Ação Penal - Procedimento Ordinário - Latrocínio (Art. 157, § 3º, 2ª parte - CP), (2 X) N/F Concurso Material (Art. 69 - Cp), . Como não tenha sido possível citá-lo e nem notificá-lo pessoalmente, por se encontrar em local incerto e não sabido, pelo presente edital, cita e notifica o referido acusado para responder aos termos da ação penal, por escrito, no prazo de dez (10) dias onde poderá arguir preliminares e alegar tudo o que interessa à sua defesa, oferecer documentos e justificações, especificar as provas pretendidas e arrolar testemunhas. Não apresentada a resposta no prazo legal, ou se o acusado citado, não constituir defensor, o juiz nomeará defensor público para oferecê-la. O prazo começará a fluir a partir do comparecimento pessoal do acusado ou do defensor constituído (art. 396, CPP). O processo seguirá sem a presença do acusado que citado, deixar de comparecer sem motivos justificados (art. 367 do CPP). E para que chegue ao conhecimento de todos e do referido acusado(a), foi expedido o presente edital. Rio de Janeiro, 08 de julho de 2011. Eu, ______________ Paulo Cesar da Silva Borges - Subst. do Escrivão - Matr. 01/22195, o subscrevo. Nearis dos Santos Carvalho Arce dos Santos - Juíza Titular

(Atualizado 15/05/2012)


Processos Judiciais
ORIGEM
PROCESSO
EXPEDIÇÃO
1ª Vara Criminal/Capital
0033398-94-2009.8.19.0202
11/12/2009
1