Compartilhe:


FOTOS:
 
Compartilhe:
Madrugadão
Patrick Augusto Santos de Oliveira
Nascimento:
01/01/1994
RG:
Nº - 217.558.568 - IFP
Natural:
Rio de Janeiro - RJ
Situação:
Capturado
Crimes:
Homicídio e Quadrilha ou Bando

Homicídio Qualificado - artigo 121, § 2º CPB - Incisos I e IV
Quadrilha ou Bando - artigo 288
Facção:
Comando Vermelho
Função:
Ladrão de carros
Área de Atuação:
São Gonçalo - Vila Lage - Morro da Coruja
Histórico:
Prisão realizada por 15º BPM - Duque de Caxias - 26/04/2012

Policiais do 15º BPM (Duque de Caxias) prenderam agora pouco, em Imbariê, na Baixada Fluminense, na casa de parentes, o traficante Patrick Augusto Santos de Oliveira, o Madrugadão.

O criminoso era acusado junto com Wallacy Santos Quintanilha, o PQD, que continua solto, de assassinarem o sargento da PM Celso de Jesus e o médico Carlos Vieira de Carvalho Sobrinho em Niterói. Ele fazia parte da lista de procurados do site – www.procurados.org.br, e o Disque-Denúncia oferecia uma recompensa de R$ 1 mil reais por informações que levassem a sua prisão.

A polícia chegou até o traficante após receber uma informação do Disque-Denúncia (2253-1177).

(Atualizado em 26/04/2012)

Realease para imprensa

Disque-Denúncia lança cartaz com suspeitos de assassinar PM
Crime ocorreu no último dia 10 de abril, em Niterói.

O Disque-Denúncia lança, nesta quarta-feira (18), campanha para localização de Patrick Augusto Santos de Oliveira, o Madrugadão, e Wallacy Santos Quintanilha, o PQD, acusados de assassinarem o sargento da PM Celso de Jesus e o médico Carlos Vieira de Carvalho Sobrinho.

O médico foi morto durante uma tentativa de assalto, quando entrava de carro na sua casa, em Icaraí e o policial morreu após trocar tiros com os assaltantes, em um posto de gasolina, na Avenida João Brasil, no bairro do Fonseca.


Após conclusão do inquérito, a policia chegou aos acusados “Madrugadão” e “PQD”, que fazem parte do tráfico de drogas do Morro da Coruja, em São Gonçalo. O tráfico de drogas deste morro é controlado pelo traficante Maicon dos Santos de Souza, conhecido como “Gaguinho”, que é um dos principais traficantes do Comando Vermelho. Gaguinho age em Niterói e São Gonçalo.

"Madrugadão" e "PQD" já estão com suas fotos em cartazes do site PROCURADOS (www.procurados.org.br). Para ambos há uma oferta de recompensa de R$ 1 mil.

Quem tiver informações sobre a localização dos criminosos, ligue para o Disque-Denúncia (2253-1177). O anonimato é garantido



Histórico:

A Polícia do Rio de Janeiro está à procura de Patrick Augusto Santos de Oliveira, o Madrugadão e Wallacy Santos Quintanilha, o PQD, acusados de integrarem a quadrilha que matou o sargento do 12º BPM (Niterói), Celso de Jesus, no dia 09 de abril de 2012, e o médico Carlos Vieira de Carvalho Sobrinho, 65, em Icaraí, no primeiro dia de abril. Há suspeitas que eles podem ter participado da morte do estudante de administração Jorge Luiz de Carvalho, 24, baleado durante um assalto no Ingá, também no dia 1º do mesmo mês.

O médico Carlos Vieira de Carvalho Sobrinho, de 65 anos, foi morto a tiros durante uma tentativa de assalto, quando entrava de carro na garagem de sua casa, na Rua Comandante Miguelote Viana, em Icaraí, Niterói, próximo ao Morro do Cavalão. De acordo com testemunhas, ele foi abordado por dois homens numa motocicleta. A polícia disse que o médico foi baleado ao tentar reagir. Os bandidos fugiram com o carro da vítima.

O sargento Celso de Jesus, lotado no 12º BPM (Niterói), morreu após trocar tiros com os assaltantes no posto de gasolina da Avenida João Brasil, esquina com Alameda São Boaventura, no Fonseca. Segundo testemunhas, tentou evitar o assalto, mas levou quatro tiros, um deles na cabeça.

Após conclusão do inquérito a policia chegou até os acusados “Madrugadão” e “PQD”, que fazem parte do tráfico de drogas que age no Morro da Coruja, em São Gonçalo. O tráfico de drogas deste morro é controlado pelo traficante Maicon dos Santos de Souza, o “Gaguinho”, que é um dos principais traficante do Comando Vermelho, que age em Niterói e São Gonçalo.

Patrick Augusto Santos de Oliveira, o “Madrugadão”, possui um mandado de prisão expedido pela 3ª Vara Criminal de Niterói pelo artigo 121 – Homicidio Qualificado - § 2° Se o homicídio é cometido:
I - mediante paga ou promessa de recompensa, ou por outro motivo torpe;
II - por motivo futil;
III - com emprego de veneno, fogo, explosivo, asfixia, tortura ou outro meio insidioso ou cruel, ou de que possa resultar perigo comum;
IV - à traição, de emboscada, ou mediante dissimulação ou outro recurso que dificulte ou torne impossível a defesa do ofendido;
V - para assegurar a execução, a ocultação, a impunidade ou vantagem de outro crime:

Pelo Sistema de Cadastramento Ocorrências Criminais, ele possui três anotações a seguir: 78º DP – 2012 – Homicídio Provocado por Projétil de Arma de Fogo; 78ª DP – 2012 – Quadrilha ou Bando e 77ª DP – 2012 – Roubo a Estabelecimento Comercial

25/04/2012 - Fonte Jornal O Dia

A 4ª Promotoria de Justiça do Ministério Público do Estado (MPRJ) denunciou, nesta terça-feira, Patrick Augusto Santos de Oliveira, conhecido como Madrugadão, e Wallacy Santos Quintanilha, conhecido como PQD, por latrocínio consumado, roubo duplamente agravado, formação de quadrilha e corrupção de menores. O MPRJ também pediu a prisão preventiva dos dois, por conta do perigo que ambos representam para a sociedade.

De acordo com a denúncia, Madrugadão e PQD são responsáveis por sucessivos crimes como homicídio, latrocínio, roubo agravado e lesão corporal. Eles agem em especial nas áreas da 76ª DP (Niterói), 77ª DP (Icaraí), 78ª DP (Fonseca) e 73ª DP (Neves).

A denúncia descreve que em 1º de abril deste ano, por volta das 2h40, na Rua Justina Bulhões, no bairro Ingá, Zona Sul de Niterói, Madrugadão e PQD, com o apoio de outros comparsas, inclusive de um adolescente, tentaram roubar o carro de Jorge Luiz Santos Carvalho, que foi baleado por PQD e acabou morrendo. Após matarem Jorge Luiz, os assaltantes roubaram outro veículo para fugir.

A quadrilha ainda é investigada em outros inquéritos em diferentes delegacias de Niterói e São Gonçalo e segundo a denúncia, os bandidos se escondem no Morro da Coruja, em São Gonçalo, ou na Favela de Manguinhos, no Rio.

(Atualizado em 25/04/2012)

Processos Judiciais
ORIGEM
PROCESSO
EXPEDIÇÃO
3ª Vara Criminal/Niterói
0052603-25.2012.8.19.0002
12/04/20121
1