Compartilhe:


FOTOS:
 
Compartilhe:
Anão
George Alves
Nascimento:
24/08/1987
RG:
Nº - 222.976.10 - IFP
Natural:
São Gonçalo - RJ
Situação:
Morto
Crimes:
Morto

Tráfico de drogas Homicídios Quadrilha ou Bando

1 - Quadrilha ou Bando (Art. 288 - CP); Crimes de Tortura (Art. 1º - Lei 9.455/97)

2 - Crimes de Tortura (Art. 1º - Lei 9.455/97)
Facção:
Comando Vermelho
Função:
Gerente de Geral
Área de Atuação:
Reta Velha e Reta Nova/Itaboraí
Histórico:
George Alves, o Anão, junto com os traficantes Bruno Pacheco Lima, o Boldinho e Ozimar Teles da Conceição o Rebeca, fazem parte do tráfico de drogas que age na região da Reta Velha e Reta Nova em Itaguaí. Os três já estão com prisão preventiva decretada pela Vara Criminal de Itaboraí.

George Alves está sendo procurado pela polícia por ter ordenando e participado da sessão de tortura, a pedido de seu pai, de um jovem de 14 anos, no Morro do Catiço, em Nova Cidade. A ação ocorreu no mesmo local onde, no dia 17 de abril, agentes da 71ª DP haviam prendido o pai da vítima, que teria, na verdade, cobrado uma postura do traficante “Anão”, sobre o roubo de engradados de cerveja de seu bar, na entrada da comunidade.

Após a descoberta do caso, o traficante Anão e sua quadrilha teriam deixado o município e que, segundo ele mesmo, “só se entrega morto”. O traficante, que é gerente do tráfico local e conhecido por torturar suas vítimas antes de assassiná-las.

George Alves possui pelo Sistema de Cadastramento de Mandados de Prisão – Polinter – três mandados de prisão expedidos pela Vara Criminal de Itaguaí.

No Sistema de Identificação Criminal, ele possui três anotações criminais a seguir: 74ª DP – 31/08/2007 – artigo 33, caput da Lei 11343/06, condenando por acórdão da 3ª CCTJ à pena de 3 anos e 3 meses e 18 dias de reclusão e 330 DM , regime fechado – JD Comarca de Itaboraí; 71ª DP – 2007 – artigo 121 do Código Penal; 71ª DP 14/02/2012 – artigo 129 do CP artigo 121 § 2º II e IV do CP – tentativa.

Pelo Sistema de Identificação Penitenciária, consta que George Alves, foi preso em 19 de setembro de 2007, cumprindo pena na Cadeia Pública de Magé – SEAPMG; e foi libertado em 15 de maio de 2010, do Instituto Penal Vicente Piragibe – SEAPVP.

Pelo Sistema de Cadastramento de Ocorrências Policiais, possui: 71ª DP – 2012 – Tráfico de drogas ( Lei 11.343/06); 71ª DP – 2012 – Homicídio – Tentativa; 71ª DP – 2012 – Lesão Corporal Provocada por Projétil de Arma de Fogo.

Levantamento feito pela polícia mostra que os traficantes José Ricardo Couto e Silva, o Ricardo Paiol; e Lindomar Brante de Oliveira, o Dodô, seriam os verdadeiros donos de pontos de drogas de favelas em Itaboraí, e mantém influência em favelas próximas aos presídios, como a Vila Kennedy, pertencente a facção Comando Vermelho.


(atualizado em 19/04/2012)
Processos Judiciais
ORIGEM
PROCESSO
EXPEDIÇÃO
Comarca de Itaboraí/ Vara Criminal
0010350-56.2012.8.19.0023
20/06/2012 - CPB 288
Vara Criminal de Itaboraí
0003365-71.2012.8.19.0023
27/02/2012
Vara Criminal de Itaboraí
CPB - 121
29/09/2011
Vara Criminal de Itaboraí
0022243-78.2011.8.19.0023
29/09/2011
Comarca de Itaboraí/Vara Criminal
0007647-55.2012.8.19.0023
18/04/2012
1