Compartilhe:


FOTOS:
 
Compartilhe:
Bianca
Bianca Silva Queiroz de Carvalho
Nascimento:
21/07/1989
RG:
RG Nº. (I.F.P.) 222.391.63 - 3
Natural:
São Gonçalo - RJ
Situação:
Capturado
Crimes:
Capturado


Tráfico de Drogas Quadrilha ou Bando

Associação para a Produção e Tráfico e Condutas Afins (Art. 35 - Lei 11.343/06) E Quadrilha ou Bando (Art. 288 - CP), § único do CP,n/f do art 70 do CP
Facção:
Comando Vermelho - CV
Função:
Roubo de Cargas e Automovéis
Área de Atuação:
Morros do Cajueiro e Congonhas/Madureira - RJ
Histórico:
Prisão realizada por 22ª DP - 30/05/2014

Em outra ação no Complexo da Penha, os agentes prenderam, também nesta quinta-feira, Bianca Silva Queiroz de Carvalho, 25 anos. A prisão aconteceu na comunidade da Vacaria, no Parque Proletário. A criminosa é apontada como integrante do tráfico e integrante de uma quadrilha de roubos de carga, que atuava antes da pacificação.

Histórico:

Bianca Silva Queiroz de Carvalho, a Bianca, é ligada a facção Comando Vermelho – CV, e faz parte do tráfico de drogas que age nos Morros do Cajueiro e Congonhas, em Madureira, zona norte do Rio de Janeiro. De acordo com informações, ela faria parte de uma quadrilha composta por traficantes, que roubam cargas e veículos automotores.

Contra Bianca Silva Queiroz de Carvalho, consta pelo Sistema de Cadastramento de Mandados de Prisão – Polinter – um mandado de prisão expedido pela seguinte Vara Criminal: 2ª Vara Criminal da Capital – expedido em 24/08/2010 – Lei 11343/06 - Associação para a Produção e Tráfico e Condutas Afins (Art. 35 - Lei 11.343/06) E Quadrilha ou Bando (Art. 288 - CP), § único do CP,n/f do art 70 do CP.

Pelo Sistema de Identificação Criminal, consta: DRFC – 09/02/2010 – artigo 35 da Lei 11343/06 , artigo 288 CP & único N/F , artigo 70 do CP. – 2ª Vara Criminal Regional de Madureira/RJ.

Processo nº:
0005733-69.2010.8.19.0202
Tipo do Movimento:
Decisão : Mandado de Prisão
Descrição:
Processo nº 0005733-69.2010.0202 (IP 006/10-DRFC) DECISÃO 1- Citem-se os réus, através do OJA de plantão. Considerando que a hipótese é de réu preso, os Drs. Advogados devem protocolizar suas alegações preliminares diretamente em Cartório, a fim de evitarem retardamento no processamento. Defiro a cota do Ministério Público a fls. 196. Requisitem-se ao Dr. Delegado da DRFC as mídias digitais contendo os diálogos monitorados com as respectivas transcrições, no prazo de 48 h. 3- Outrossim, representaram o Dr. Delegado da DRFC e o Ministério Público pela prisão preventiva de LUIZ CLAUDIO SERRAT CORRÊA, vulgo ´Claudinho CL´, LUCIO MAURO CARNEIRO DOS PASSOS, vulgo ´Biscoito e BIANCA SILVA QUEIROZ DE CARVALHO, denunciados nos crimes previstos nos artigo 35 da Lei 11.343/06 e 288, parágrafo único do Código Penal, na forma do artigo 70 do Código Penal. Consta dos autos do inquérito policial que os denunciados foram identificados pelo eficiente trabalho policial, inclusive com quebra de sigilo telefônico e de dados judicialmente deferidos, e declarações em sede policial. Consoante consta da Denúncia e do inquérito policial que a instrui, os denunciados são integrantes de quadrilha fortemente armada e especializada em roubos de cargas e automóveis com atuação nos bairros de Madureira, Vaz Lobo, Irajá, Vicente de Carvalho e adjacências, tendo como ´base´ as comunidades do Cajueiro e Congonhas. Consoante consignado nos autos, também exploram o comércio ilícito de drogas nas comunidades retro mencionadas e estão vinculados à facção ´Comando Vermelho´. Tais fatos denotam que os denunciados são pessoas perigosas para o convívio social e que, em liberdade, constituem verdadeira ameaça à ordem pública. Ademais, não possuem endereço certo, tanto que não se lograram cumprir os mandados de prisão temporária. Assim sendo, presentes os requisitos do artigo 312 do CPP, em especial a garantia da ordem pública e da aplicação da lei penal, DECRETO A PRISÃO PREVENTIVA DE LUIZ CLAUDIO SERRAT CORRÊA, vulgo ´Claudinho CL´, LUCIO MAURO CARNEIRO DOS PASSOS, vulgo ´Biscoito´, e BIANCA SILVA QUEIROZ DE CARVALHO, com fundamento nos artigos 312 e 313, I do CPP. Expeçam-se mandados de citação e de prisão preventiva. Cumpram-se o mandado de prisão. No que tange aos demais denunciados, considerando que não há endereço certo informado nos autos, além de remetidos aos órgãos de praxe, os mandados deverão ser cumpridos no prazo máximo de 10(dez) dias pelo Dr. Delegado da DRFC, o qual deve ser intimado para informar quanto ao cumprimento, bem como quanto às diligências realizadas para este fim, no prazo consignado, a fim de que se proceda à citação dos mesmos. Rio de Janeiro, 23 de agosto de 2010. Cláudia Garcia Couto Mari Juíza de Direito

0005733-69.2010.8.19.0202

Tipo do Movimento:
Decisão
Descrição:
1) Fls. 558/560: Inalterada a base fática e ante o parecer desfavorável do MP, indefiro o pedido de revogação da prisão preventiva em desfavor de Bianca Silva Queiroz de Carvalho, sendo certo que a questão já foi objeto de Habeas Corpus impetrado junto à Quarta Câmara Criminal, cuja ordem foi denegada, conforme pesquisa que ora determino a juntada. Ressalte-se que a acusada é foragida e sequer foi citada. 2) Junte-se o laudo do IML referente ao acusado Valmir e dê-se vista ao MP.
Fonte: Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro – 24/11/2011

(Atualizada em 20/09/2012)
Processos Judiciais
ORIGEM
PROCESSO
EXPEDIÇÃO
2ª Vara Criminal/Capital
0005733-69.2010.8.19.0202
09/03/2010
1