Compartilhe:



FOTOS:
 
Compartilhe:
Mil Gol
Gil Pinheiro dos Santos
Recompensa:
R$ 30 Mil
Nascimento:
12/12/1983
RG:
RG Nº. (I.F.P.) 124.417.635
Natural:
Rio de Janeiro - RJ
Situação:
Morto
Crimes:
Tráfico de Drogas MoRTO
F



abricação de Objeto Destinado a Produção de Drogas e Condutas Afins (Art. 34 - Lei 11.343/06) E Associação para a Produção e Tráfico e Condutas Afins (Art. 35 - Lei 11.343/06) E Porte Ilegal de Arma de Fogo de Uso Permitido (Art. 14 - Lei 10.826/03) N/F Concurso Material (Art. 69 - Cp)
Facção:
Terceiro Comando Puro - TCP -
Função:
Chefe do Tráfico
Área de Atuação:
Favela da Coréia - Senador Camará - RJ
Histórico:
Gil Pinheiro dos Santos, o Mil Gol ou Mangalô ou 762 é ligado à facção Terceiro Comando Puro – TCP – e chefia o tráfico de drogas na Favela da Coréia, em Senador Camará, Zona Oeste do Rio de Janeiro.

Ele assumiu o controle das vendas de drogas, após a morte de Matemático, com também traficante Rogério Vale Mendonça, o Belo ou Abençoado. Após um racha em entre Mil Gol e o traficante Menor P, pelos controles das vendas na região da Coréia, Mil Gol começou a proibir certos condutas dentro da favela.

Após ele tentar assassinar o traficante Belo, e ciente que ele poderia voltar a qualquer tempo, e também que o traficante Menor P não teria aprovado a conduta de Mil Gol, ele começou a proibir o usa de telefones celulares dentro da favela, para não ocorrer qualquer tipo vazamento de seu território. Existem informações que ele pretende também dar um golpe de estado no reduto do Rafael Alves, o Peixe,

Pelo Banco Nacional de Mandados de Prisão – CNJ – e pelo Sistema de Cadastramento de Mandados de Prisão – Polinter – conta mandado de prisão, expedido pela 2ª Vara Criminal de Belford Roxo, mandado de prisão nº: 26889-16.2010.8.19.0008.0001, datado em: 22/03/2013, com validade até: 11/11/2030; assunto: Fabricação de Objeto Destinado a Produção de Drogas e Condutas Afins (Art. 34 - Lei 11.343/06) E Associação para a Produção e Tráfico e Condutas Afins (Art. 35 - Lei 11.343/06) E Porte Ilegal de Arma de Fogo de Uso Permitido (Art. 14 - Lei 10.826/03) N/F Concurso Material (Art. 69 - Cp); Inquérito Policial nº: 122010; Prisão Preventiva.

Pelo Sistema de Identificação Criminal, constam quatro anotações: 34ª DP – 25/02/2002 – artigo 10 § 2º da Lei 9437/97 e artigo 150 – condenando a pena de 2 anos de reclusão – 1ª Vara Criminal da Regional Bangu; Polinter – 17/10/2007 – artigo 121, § 2º - absolvido – 2ª Vara Criminal da Capital; DHB – 28/04/2010 – trafico de drogas – aguardando – 2ª Vara Criminal de Belford Roxo e DH – 12/09/2012 – artigo 121.

Pelo Sistema de Identificação Penitenciário, consta que o procurado já teve passagem pelo sistema carcerário. Ele ingressou em 19/10/2007 – Cadeia Pública Pedro Mello da Silva – SEAPPM – tendo várias transferências internas até 20/03/2009, saindo em liberdade em 11/09/2009.

(Atualizado em 13/10/2014)
Processos Judiciais
ORIGEM
PROCESSO
EXPEDIÇÃO
Comarca de Belford Roxo/2ª Vara Criminal
0026889-16.2010.8.19.0008
22/03/2013 - CPB 311
1